Indústria da região de Leiria abre portas a jovens de todo o país para atrair e fixar talentos

Pretende destacar a importância da indústria para a economia e desenvolvimento de Portugal, e despertar vocações para as profissões ligadas a estes setores de atividade, junto dos alunos do ensino secundário e profissional.

O Leiria-In – Semana da Indústria está de regresso com a 9.ª edição, e até sábado dá a conhecer a 50 jovens de todo o país diferentes formas de inovação tecnológica, através da visita a 18 empresas e indústrias locais e regionais com tecnologia de ponta, desde os moldes à cerâmica, da robótica ao setor automóvel, incluindo ainda a participação em workshops e atividades culturais em diferentes concelhos da região de Leiria, e a realização de experiências tecnológicas no Politécnico de Leiria.

No Leiria-In 2022 participam 50 alunos oriundos de 26 concelhos e 12 distritos, sendo 26 alunos do 10.º ano, 19 do 11.º ano e cinco do 12.º ano. No que respeita à área de estudo, dos 50 alunos participantes, 33 são de Ciências e Tecnologias, sete do Ensino Profissional, seis de Ciências Socioeconómicas, três de Línguas e Humanidades e um de Artes Visuais.

A sessão de boas-vindas aos alunos decorreu na segunda-feira, dia 4, no auditório da NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria, onde o presidente do Politécnico de Leiria começou por destacar a oportunidade de os alunos se relacionarem e criarem laços entre si.

Rui Pedrosa explicou ainda o motivo da designação “Leiria In”: «Em primeiro lugar, porque é a Semana da
Indústria, e durante esta semana vão ter a oportunidade de conhecer perto de 20 empresas distintivas e
únicas, que são apenas um exemplo do melhor que temos nesta região.

Hoje, as indústrias da nossa região são altamente exportadoras e, portanto, o “In” também é de internacionalização. Mas só consegue exportar e ser competitivo globalmente quem tiver investimento em inovação e em investigação, e este “In” remete também para a esfera da inovação e da investigação.»

O presidente do Politécnico de Leiria destacou ainda a oportunidade dada aos alunos de conhecerem a
instituição, «que é também uma referência nacional e cada vez mais internacional, e que tem esta relação
de proximidade com os municípios e com as empresas e que, no fundo, o que faz é valorizar o
conhecimento para que o país seja mais competitivo, para acrescentar valor económico nas cadeias dos
vários setores de atividade».

O Leiria-In é promovido pelo Politécnico de Leiria e pela Forum Estudante e, nas palavras de Rui Marques,
diretor-geral da Forum Estudante, trata-se de uma «oportunidade para os alunos conhecerem empresas de excelência e perceber como funcionam, podendo vir a ser empresas nas quais vão trabalhar no futuro»

«A área da indústria, há uns anos, parecia estar em queda. Nos últimos tempos, a União Europeia decidiu
que deve haver uma maior aposta na indústria, pelo que é uma área que vai crescer e gerar muitas
oportunidades de emprego altamente qualificado, onde os vossos talentos serão importantes», referiu Rui Marques, dirigindo-se aos jovens.

O diretor-geral da Forum Estudante destacou ainda os benefícios de trabalhar e residir na região de Leiria,
que apresenta «um conjunto de características muito atrativas». «Hoje, cidades e regiões como Leiria têm
uma qualidade de vida incomparavelmente superior a Lisboa, Porto, Madrid ou Barcelona. Por isso, ponham Leiria no vosso radar, até porque está próxima de tudo.»

Na promoção desta semana temática o Politécnico de Leiria e a Forum Estudante contam com a
colaboração de todos os seus parceiros, nomeadamente a Câmara Municipal de Leiria, a Câmara Municipal da Marinha Grande, a NERLEI e a CEFAMOL – Associação Nacional da Indústria de Moldes e dos municípios de Leiria e da Marinha Grande.

«Espero que se divirtam, vejam as empresas, conheçam o seu funcionamento, sejam curiosos e façam
perguntas. Futuramente, quem vai mandar serão vocês. No mercado faltam pessoas para trabalhar e as
pessoas competentes escolhem onde querem trabalhar. Sejam exigentes, vejam as várias empresas, os
vários negócios, e tentem perceber onde pretendem trabalhar daqui a alguns anos», referiu Henrique
Carvalho, secretário-geral da NERLEI.

Na mesma linha, Manuel Oliveira, secretário-geral da CEFAMOL, afirmou que «a indústria de moldes é
muito internacionalizada e avançada tecnologicamente, e precisa de pessoas capacitadas, que aportem
novos conhecimentos, criatividade e ideias. É aí que vocês vão ser fundamentais. Hoje em dia há
necessidade de trazermos pessoas cada vez mais qualificadas para a indústria».

Por sua vez, a vice-presidente da Câmara Municipal de Leiria, Anabela Graça, destacou a importância do
Leiria-In para a reflexão em torno da área de estudos a seguir no ensino superior. «Nesta fase de transição do ensino secundário para o ensino superior, precisam de refletir sobre o que querem para o futuro.

E esta é uma experiência de contacto, que vale muito mais do que o que possam ver e ouvir. Estas experiências de contacto com as empresas e as escolas de ensino superior são únicas e permite-vos pensar o que querem para o futuro.»

Em representação do município da Marinha Grande, Luís Barreiros sublinhou ser um «orgulho partilhar o
que sabemos e o que temos com os alunos», mencionando o património cultural e a diversidade de
empresas, dos moldes aos plásticos e ao vidro, sediadas na Marinha Grande.

Definições de Cookies

A Rádio 94FM pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.